O que foi a Autocom 2017

O que foi a Autocom 2017 ?

A maior feira de automação comercial da america latina trouxe muitas novidades ! Pela primeira vez depois de uns 4 ou 5 anos, ela cresceu, ficou maior, sim ficou maior e melhor organizada.

A diversidade de empresas cresceu!

Antes era uma feira basicamente que tinha exposição de software de Automação comercial e Hardware!  Hoje vemos a forte presença do setor de meio de pagamento dentro da feira, adquirentes, bandeiras, máquinas de POS e empresas ligadas a TEF House!

Empresas tradicionais como Epson, Daruma, Gertec, Bematech (que não usava mais o By Totvs) continuam firme no evento, e que atrai muitos parceiros de negócios, fundamental para essas empresas.

Vale um destaque para a Casa Magalhães que ano após ano vem para o evento trazendo soluções para o varejo, e esse ano apostou forte na mobilidade.

Os principais distribuidores do setor continuam fortes no evento, Scansource e Ingra, que sempre ocupam sempre uma posição de destaque.

Outra grande atração foi o estande da Moura Informática que levou a inovação do ‘Provador Virtual’ para o setor de vestuário, um produto que oferece tecnologia e promete um novo jeito de atendimento aos clientes. Além disso, a equipe estava alinhada e capacitada para falar de todas as tecnologias da empresa. (www.jnmoura.com.br)

 

 

Empresas chinesas ofertando POS com novas tecnologias, tiveram destaque no evento.

As empresas chinesas tiveram destaque trazendo novos POS com tecnologia Android que tende a ser o futuro do meio de pagamento no Brasil, essa tendência ficou evidente nos Stands de Rede e Cielo que colocaram suas máquinas para o público conhecer um pouco melhor.

A Gertec gigante nacional, também trouxe uma máquina totalmente em android para concorrer no mercado disputado por essas novas modalidades de máquinas. Assim como a Pax que exibiu suas máquinas em android, buscando concorrer com o SmartRede e Cielo Lio.

Os tradicionais POS também estavam presente no Stand da Skytef, soluções que estão na moda pois permitem a integração com soluções fiscais , como o NFC-e (Nota fiscal eletrônica ao consumidor)

A Skytef mais uma vez marcou presença e levou suas soluções integradas (Automação Comercial + POS), uma tendência para os próximos anos!

 

 

 

 

O painel Talks foi um sucesso, muito melhor que as palestras que antes começavam as 08:00 e não tinha aderência! As empresas de hora em hora exibiam suas soluções para o público que estavam  presente.

 

Além de todos esses destaques, a Autocom 2017 se reinventou por trazer um espaço para as Startups, as futuras empresas que estarão presentes no evento nos próximos 5 anos.  As melhores soluções ganharam prêmios, e isso mostra o novo espírito da Autocom, renovando e acompanhando a inovação que vem acontecendo em toda cadeia de automação comercial,  alias a Autocom deixou de ser Autocom e passou a ser uma feira de tecnologia para o varejo!

 

 

 

Perdeu algo ? Confira nos sites oficiais!

https://www.facebook.com/feiraautocom/

http://www.feiraautocom.com.br/2017

 

8,641 total views, 10 views today

Fim de uma era.. fim do ECF.. nascimento do SAT – S@T fiscal

Olá, quero compartilhar com vocês que a partir do dia 01-04-2014 começa o fim de uma era….. sim o fim do ECF, mais conhecido como emissor de cupom fiscal.  Com as primeiras maquinas instaladas em 1998, após 16 anos o mercado de automação ganha novos equipamentos, que terá o nome de SAT fiscal ou S@T.

O SAT é um equipamento de emissão de cupom fiscal eletrônico  que permite que as vendas sejam armazenadas e transmitidas diariamente para  o fisco de cada estado. O comprovante para o consumidor será impresso em impressora comum, em todos os formatos de papeis, A4, Oficio, Carta etc.

Para os estabelecimentos que já possuem o ECF(Emissor de cupom fiscal) deverá substituir pelo SAT assim que seu ECF vencer o prazo de 5 anos. Após esse prazo o estabelecimento obrigatoriamente deverá adotar SAT Fiscal.

O equipamento SAT também requer integração com aplicativos comerciais (AC), então é bom verificar se sua software house está preparada para trabalhar com o equipamento SAT.

O SAT será integrado com a Nota Fiscal Paulistana, o consumidor poderá consultar o CF-e-SAT com o CPF declarado e efetuar reclamações se encontrar informações divergentes.

Funcionalidade

–SAT (equipamento externo, visível ao consumidor e ao fisco);
– Equipamento de processamento de dados (normalmente computador ou microterminal tipo PC), com porta USB;
– Aplicativo Comercial de frente de loja (AC);
– Impressora comum (pode ser compartilhada);
– Meio de comunicação com a Internet (pode ser  compartilhada);
– Equipamento autônomo
– Dispensa figura do interventor
– Monitoração das transmissões de CF-e-SAT pode ser feita pelo contribuinte, pelo site da SEFAZ
– Tecnologia Internet Banda Larga para comunicação (WiFi ou Ethernet)
– Transmissão periódica (não precisa de internet 24h nem em frente ao caixa)
– Cancelamento: apenas do último CF-e, dentro do prazo máximo de 30 minutos
– O CF-e SAT já está integrado na EFD bem como ao SPED contribuições
–  Impressão feita em impressora comum diretamente pelo Aplicativo Comercial
– Equipamento possui certificado digital próprio, capaz de assinar dados de venda do CF-e-SAT
– Dois tipos de certificado digital do equipamento SAT: Emitido pela SEFAZ (sem custo de aquisição para o contribuinte), ou Emitido por Autoridade Certificadora da cadeia ICP-Brasil (aquisição por conta do contribuinte)

 

Confirma os prazos e valores de faturamento anual que devem adotar o SAT.

  • Em substituição à Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2:
  • a partir de 01/01/2014, para os contribuintes que auferirem receita bruta maior ou igual a R$ 100.000,00 no ano de 2013;
  • a partir de 01/01/2015, para os contribuintes que auferirem receita bruta maior ou igual a R$ 80.000,00 no ano de 2014;
  • a partir de 01/01/2016, para os contribuintes que auferirem receita bruta maior ou igual a R$ 60.000,00 no ano de 2015;
  • decorrido o prazo indicado no item anterior, a partir do primeiro dia do ano subsequente àquele em que o contribuinte auferir receita bruta maior ou igual a R$ 60.000,00.

O contribuinte, uma vez obrigado a emitir CF-e-SAT, terá a obrigatoriedade mantida mesmo que, em anos subsequentes, venha a auferir receita bruta menor àquela que determinou a imposição de tal obrigação, exceto se vier a tornar-se Microempreendedor Individual – MEI.

Consulte mais informações em :

http://info.fazenda.sp.gov.br/NXT/gateway.dll/legislacao_tributaria/portaria_cat/pcat1472012.htm?f=templates&fn=default.htm&vid=sefaz_tributaria:vtribut

– A obrigatoriedade de emissão de Cupom Fiscal Eletrônico-SAT pelo equipamento SAT foi prorrogada para 01/04/2014.Verifique os detalhes na Portaria CAT 147 de 05/11/2012 (atualizada), e na Portaria CAT 37 de 03/05/2013.

5,474 total views, no views today

Primeiro post em nosso Blog da Automação

Olá esse é nosso primeiro post,  o principal objetivo desse blog é fornecer noticias sobre automação comercial e todo mercado, fabricantes, revendas, clientes, equipamentos e legislação além de muitos outros temas. Iremos abordar assuntos sobre economia e investimentos para o varejo.

Você também pode contribuir com artigos e post enviando email para comercial@automacaocomercial.blog.br, iremos avaliar o conteúdo e publicar posteriormente. Todos os assuntos sobre novidades lançamentos e informação para o comerciante será publicado.

Iremos listar as principais empresas do setor de automação e caso você não esteja nessa lista poderá enviar seu cadastrado para incluirmos posteriormente.  A lista será dividida entre fabricantes de equipamentos, desenvolvedores de automação, revendas e prestadores de serviços.

O blog será divulgado nos principais meios de comunicação que atendem o varejo nacional, onde consumidores e lojistas irão acessar o conteúdo do Blog.

4,311 total views, no views today